Photo by AltumCode on Unsplash

O que são estruturas condicionais e para que servem?

A todo momento estamos tomando decisões. Levar ou não o guarda-chuva? Aceitar ou não um cafezinho após o almoço? Entrar ou não na piscina? Realizar um curso presencial ou remoto? Estudar Python ou R? E por aí vai…

Todas essas decisões são tomadas com base em critérios. Por exemplo, se observarmos pela manhã que a previsão para o dia é de chuva, provavelmente a decisão será levar o guarda-chuva. Se não tivermos boa conexão de internet em casa, realizaremos um curso presencial. …


Introdução

Neste artigo, busca-se aplicar a Teoria da Resposta ao Item (TRI) na base de dados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019, publicada pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), com o software R, a partir do ambiente RStudio. Este artigo busca aprofundar a temática desenvolvida no artigo anterior a respeito da aplicação da Teoria Clássica de Testes (TCT), que pode ser encontrado no link a seguir: https://leofyada.medium.com/aplica%C3%A7%C3%A3o-da-tct-utilizando-o-r-1c63f67dc8be. O objetivo deste texto é apresentar, de forma prática, como utilizar a TRI para analisar avaliações educacionais e as proficiências dos indivíduos em determinada área do conhecimento.


Introdução

Este artigo busca introduzir a aplicação da Teoria Clássica de Testes (TCT) utilizando o software estatístico R, a partir do ambiente RStudio. Há outros softwares que permitem a realização de tal análise, porém, por se tratar de uma plataforma open source e já contemplar bibliotecas específicas para o uso da TCT, optou-se pelo RStudio. Para isso, utilizou-se a base dos microdados do Enem, publicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), referente ao ano de 2019.

Tratamento da base de dados utilizada nas análises

Para a realização das análises, utilizou-se, como já mencionado, os microdados do Enem de 2019. Como é possível observar no…


Introdução

É cada vez mais recorrente o uso de indicadores na gestão pública como meio de sintetizar numericamente determinada dimensão da realidade como, por exemplo, desempenho educacional dos alunos de uma escola, taxas de rendimento e etc.. Também é possível criar uma medida que combine dois ou mais indicadores, com o fim de sintetizar numericamente duas ou mais dimensões de interesse, a qual denominamos índice. No contexto da educação, destaca-se o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), introduzido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) em 2006.

Ideb

O surgimento do Ideb inseriu, no centro do debate…

Leonardo Yada

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store